29 de Agosto – Dia Nacional de Combate ao Fumo

O cigarro fez mais de 100 milhões de vítimas fatais no século XX. Mais de 200 mil mortes por ano são consequências desse hábito nefasto só no Brasil. Estima-se que no século XXI as mortes relacionadas ao uso do cigarro subirão para mais de um bilhão em todo o mundo. Sem falar nas incontáveis doenças que não tiram a vida, mas não deixam viver. Conheça mais alguns bons motivos para deixar de fumar

036

O INCA (Instituto Nacional de Combate ao Câncer) elegeu o dia 29 de agosto para marcar como Dia Nacional de Combate ao Fumo. Esse ano a instituição escolheu como tema da campanha que marca a data a conscientização sobre os males do fumo passivo.

Um número incontável de vítimas de doenças respiratórias e cardiovasculares é em decorrência do fumo passivo. Segundo um estudo divulgado no último mês, por pesquisadores da Universidade de York, no Reino Unido, não fumantes podem adquirir problemas de saúde e até câncer devido às partículas de fumaça de tabaco no ambiente. Segundo Daniel Knupp, Vice Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, as descobertas desse estudo demandam campanhas específicas.

“Hoje, a imagem geral do fumo na sociedade é mais negativa. Mesmo os não fumantes têm conhecimento da dimensão do malefício do cigarro no convívio com o fumante, mas não uma dimensão clara da magnitude desse risco. É importante que os não fumantes tenham ciência de que a incidência de certas doenças pode ser tão elevada para eles quanto para o próprio fumante e tenham autonomia para cobrar o direito de um ambiente livre de tabaco”, disse Knupp.

Sem-título

Cigarro e os números

– O tabagismo é considerado a principal causa de morte evitável em todo o mundo;

– É responsável por cinco milhões de mortes ao ano no mundo, o que corresponde a mais de 10 mil mortes por dia;

– No mundo 1 bilhão e 200 milhões de pessoas são fumantes

– Entre esses, apenas 200 milhões são mulheres;

– Cem milhões de mortes foram causadas pelo tabaco no século XX;

– Estima-se que no século XXI esse número seja 10 vezes maior, chegando a um bilhão;

– Metade dessas mortes será em fumantes em idade produtiva, ente 35 e 69 anos;

– No início dos anos 1990, no Brasil, 35% da população brasileira com mais de 15 anos era fumante. Esse indicie baixou para 16,4% em 2007;

– Pesquisas comprovam que aproximadamente 47% de toda a população mundial masculina e 12% da população feminina no mundo fumam;

– O tabaco é a segunda droga mais consumida entre os jovens, no mundo e no Brasil, e isso se deve às facilidades e estímulos para obtenção do produto, entre eles o baixo custo, a curiosidade pelo produto estimulada pela imitação do comportamento do adulto e a promoção e o marketing de produtos derivados do tabaco;

– Noventa por cento dos fumantes iniciaram seu consumo antes dos 19 anos de idade, faixa em que o indivíduo ainda se encontra na fase de construção de sua personalidade;

– O fumante é um dependente químico e está sujeito a mais de 2.450 doenças

– O tabagismo é diretamente responsável por 90% das mortes por câncer de pulmão, 25% das mortes por doença coronariana, 85% das mortes por doença pulmonar obstrutiva crônica e 25% das mortes por doença cerebrovascular;

2014-09-01T13:27:45-03:00 01/09/2014|BEM-ESTAR, DICAS, SAÚDE|0 Comentários

Deixar Um Comentário