Glutamato monossódico no organismo

Você sabe o que é ou já ouviu falar do glutamato monossódico? Resumindo, este é um aminoácido vinculado às naturalmente proteínas e em nosso sistema nervoso o chamado ácido glutâmico age como um neurotransmissor, sendo destaque quando se trata de estimular os disparos dos neurônios. O blog Homeopatia e Saúde levantou que o tal do glutamato monossódico leva a algumas consequências, como aumento do neurotransmissor que estimula a função muscular no organismo, além de também impedir que a glicose seja absorvida por um fragmento das células cerebrais.

homeopatia e saúdeAo consumir muitos alimentos que possuem esse aditivo, os sintomas presentes no cotidiano das pessoas podem se assemelhar a uma queimação na região do peito, dores de cabeça frequentes – essa dor se alastra pelo pescoço e também na região dos olhos. Suor excessivo, calores e oscilações de humor podem também aparecer. Em pessoas que têm maior sensibilidade, essas sensações podem surgir até mesmo 20 minutos após a ingestão de alimentos com glutamato monossódico.

Mas quais alimentos evitar? Este é um componente bastante presente nos caldos em cubinhos utilizados para cozinhar (carne, galinha, legumes, camarão etc), também faz parte da composição de diversos alimentos industrializados e presente no preparo de comida em muitos restaurantes, em especial os de gastronomia oriental e lanchonetes. Usado abundantemente nesses espaços, há quem chame esses sintomas de “síndrome do restaurante Chinês”, por exemplo.

Quer mais informações sobre a presença dessa substância na alimentação e no organismo? Acesse o material selecionado especialmente pelo blog Homeopatia e Saúde para este fim: http://goo.gl/xeBnsB

2016-04-22T08:00:03-03:00 22/04/2016|BEM-ESTAR, DICAS|0 Comentários

Deixar Um Comentário