O que ocorre no cérebro dos bebês e crianças pequenas quando consomem açúcar

Todos já perceberam que bebês e crianças pequenas transpiraram bastante, especialmente na região da cabeça. Isso acontece porque o cérebro é órgão que tem o metabolismo mais acelerado durante os primeiros anos de vida.

Considerando que o crescimento infantil ocorre a cada minuto e segundo, logo o resultado disso é um metabolismo rápido é a transpiração.

O açúcar, glicose, é a substância responsável pelo funcionamento do cérebro. Sendo que o corpo humano é capaz de extrair, na prática, glicose de todos os alimentos, especialmente dos carboidratos.

Assim o excesso de consumo desses alimentos, ricos em carboidratos, por bebês e crianças pequenas pode acelerar o metabolismo cerebral. Promovendo uma grande demanda de trabalho do organismo, o que, na prática, leva os pais a perceberem que a criança se tornar hiperatividade e irritada.

Por outro lado, o fígado órgão responsável pela reserva dessa substância no corpo, quando hiperativado trabalha em excesso. O que pode causar um envelhecimento precoce de suas células. Assim como após alguns anos apresentar doenças hepáticas como gordura no fígado e, até mesmo, cirrose hepática.

Problemas de saúde causados pelo consumo excessivo de açucares

Claro que o termo cirrose nos remete a problema com consumo de álcool, bebidas. Mas, é exatamente isso. A aceleração do metabolismo do fígado, em virtude do excesso de açúcares e glicose pode provocar o amadurecimento, envelhecimento, e sofrimento das células do fígado infantil, da mesma forma que um indivíduo que ingere álcool.

Segundo orientação da Sociedade Brasileira de Pediatria açúcares em forma de glicose devem ser oferecidos depois dos 3 anos de idade, e com moderação.

<<Leia também: Quando uma criança é saudável?>>

No caso dos bebês está liberado o consumo do açúcar natural, frutose, encontrado nas frutas. Que é reconhecido pelo organismo como natural, fazendo com o metabolismo funcione de forma lenta e tranquila.

Portanto, recomendamos evitar a oferta de alimentos ricos em glicose para bebês e crianças pequenas. Inclusive o estímulo desse consumo, comer essas comidas perto delas. A ingestão desses alimentos está liberada somente após os 3 anos com cautela e moderação, explica a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo. Assista a Dra. Ana Lucia Dias Paulo falando sobre a influência do açúcar no metabolismo dos bebês e crianças pequenas em: https://bit.ly/3kuK6gD

2022-05-02T08:30:04-03:00 02/05/2022|BEM-ESTAR, CRIANÇAS, SAÚDE|0 Comentários

Deixar Um Comentário