Que procedimento deve adotar a mãe cujo filho tem febre?

Ao contrário da opinião comum das mães e principalmente das avós, a febre não é um sintoma ruim. Sabe-se perfeitamente que se trata de um mecanismo utilizado pelo organismo para criar condições adversas aos agentes invasores, propiciando um aumento das defesas, além de ser um aviso de que algo está ocorrendo. Deve-se diminuí-la a todo custo? Não. Deve-se observar no paciente febril quais sintomas apareceram juntamente com o aumento da temperatura. Dependendo da gravidade do processo, deve-se entrar em contato com seu médico o mais breve possível.