Uma vez iniciado o tratamento homeopático, deve-se tomar medicamento para o resto da vida?

O que ocorre é que, no início, até que se consiga chegar ao equilíbrio esperado, a freqüência do uso é alta. Com o passar do tempo, com o controle dos sintomas e a melhora clínica do paciente, as tomadas vão se espaçando cada vez mais e só serão aumentadas caso exista algum fato que provoque novo desequilíbrio. Então o uso dos medicamentos, apesar de pouco freqüente, será por muito tempo? Em homeopatia pensamos em evitar que as doenças ocorram, ao invés de simplesmente curá-las. Se existe uma forma de equilibrarmo-nos energeticamente, dificultando a manifestação de nossos locais de menor resistência com algumas visitas anuais ao médico homeopata e mantendo-nos saudáveis por longos períodos, sinceramente seria muito difícil encontrar tratamento médico melhor.