Que procedimento o paciente homeopatizado deve adotar em caso de acidente?

Depende da gravidade. Como o próprio nome sugere, um acidente não se caracteriza por ser uma doença interna verdadeira, mas uma fato que afeta o paciente do exterior para o interior. Pequenas e médias contusões, que necessitem de cuidados médicos mas não de hospitalização ou cirurgias, podem ser resolvidas somente com medicamentos homeopáticos. Casos mais graves, como traumatismo crânio-encefálico e coma, por exemplo, tornam indispensável a utilização das UTIs. Em alguns locais do Brasil existem UTIs que permitem o acesso do médico homeopata para tratamento conjunto de pacientes já homeopatizados, desde que a pedido da família. Nestas situações, constata-se que, quando somadas as duas terapêuticas, os resultados são melhores para o paciente.