Primeira Dentição

imagesMamães e papais de primeira viagem – e aqueles mais experientes também – costumam se impressionar com as reações dos bebês quando estão nascendo os primeiros dentinhos. Mas a homeopatia pode ajudar nessa fase. Leia na integra o texto do Blog Homeopatia e Saúde e informe-se.

 

É comum que no processo de nascimento dos primeiros dentinhos, alguns transtornos aconteçam na vida de alguns pequenos, mesmo sendo um acontecimento absolutamente fisiológico. E, por serem acontecimento fisiológicos, tendem a se resolverem naturalmente.

Porém, em algumas crianças, essa passagem pode ser dolorida, mais “sofrida”, causando muito mais transtorno. Mas mesmo esses casos mais sofridos se resolvem naturalmente, trazendo um grande ganho ao sistema imunológico, ao final desse processo.

hqdefault“Observamos que os primeiros dentinhos, geralmente incisivos centrais inferiores, nascem por volta dos 5-6 meses de idade, mas podem vir um pouco antes em algumas crianças mais apressadinhas. E as mesmas podem apresentar uma certa irritação, o que as leva a colocar suas próprias mãos ou algum outro objeto na boca a fim de promover uma massagem e aliviar o incomodo, outros salivam demais, chegado a molhar vários babadores durante o dia, tudo é perfeitamente esperado para esta fase”, explica a Pediatra Homeopática Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

Além dos desconfortos citados pela doutora, algumas crianças com maior pré-disposição podem apresentar febre. Essa febre pode chegar a 39 graus, uma vez que a dentição constitui um processo de natureza inflamatória.

“Nestes casos, qualquer terapêutica irá agir sobre os sintomas numa busca de alivio, uma vez que a resolução total depende do próprio organismo que deverá, a cada novo dente que nasce, se tornar mais forte, evitando este tipo de manifestação”, completa a pediatra.

A amamentação continua e em algumas crianças com maior intensidade de desconforto é indicada, pois a amamentação além de estimular o sistema imunológico comporta-se como uma massagem local. Os pais devem se manter calmos e com muita paciência.

“O bebê, por desconhecimento, pode morder o bico do seio da mãe; mas a mãe deve evitar qualquer reação impulsiva e pedir com amor e carinho que o bebê não morda mais. Por incrível que pareça, eles entendem a linguagem do amor e obedecem”, explica a doutora.

Outro ponto destacada pela Dra. Ana Lucia é que, à medida em que estes primeiros dentes começam a nascer, a escovação deverá ser estimulada. Vale ressaltar que inicialmente essa escovação deve ser sem pasta somente com água e limpando as gengivas e os dentinhos. Até que pode se utilizar dentifrícios isentos do flúor enquanto os pequenos não sabem cuspir, pois convém evitar que engulam o flúor.

denticao-bebe-dente-leite-20110810-originalApós a primeira dentição estar completa, o que ocorre em média aos 24 meses, um dentista pediatra pode ser procurado, com a finalidade de avaliar esta primeira dentição e possíveis orientações que sejam necessárias aos responsáveis.

Vale lembrar que homeopatia ajuda nesse processo todo, pois trata o indivíduo, seja ele a idade que tenha. “A terapêutica homeopática pode auxiliar com medicamentos que se adaptem ao quadro clinico da criança não só aliviando os sintomas, mas também aliviando as alterações de caráter emocional”, completa Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

2015-09-23T02:28:40-03:00 23/09/2015|DICAS, HOMEOPATIA, SAÚDE|0 Comentários

Deixar Um Comentário