Sem demora

Mais um mito cai por terra! Ao contrário do que dizem, a homeopatia é eficiente no combate a doenças agudas

Uma doença que surge rapidamente, com sintomas claros e evidentes, e evolui para a cura ou para a morte. Essa é a definição das doenças agudas, categoria na qual se enquadram de pneumonia até o ebola. O senso comum diz que a homeopatia não é eficaz no tratamento desses males repentinos – o que é um grande equívoco. A Homeopatia pode (e deve!) ser ministrada em pacientes com essas patologias. “A homeopatia age mais rápido em doenças agudas pois está diretamente ligada à natureza da doença”, afirma o homeopata Claudio Carvalho Araújo.

PNEUMONIA_DOENÇA AGUDA

Membro da Instituição de Ensino Letra Homeopathica, no Rio de Janeiro, o especialista explica que o tempo de ação do medicamento homeopático é proporcional ao tempo de manifestação da doença. Assim, se o paciente manifestou os sintomas há um ou dois dias, a homeopatia fará efeito em algumas horas; já para casos mais antigos – como a asma, doença crônica – a melhora pode ser percebida em algumas semanas.

E com a vantagem de não causar os efeitos colaterais deflagrados por medicamentos alopáticos. O doutor dá um exemplo estarrecedor: após ser tratado com antibióticos por sete dias, o organismo demora até dois anos para restabelecer a flora intestinal, de suma importância para a manutenção do sistema imunológico em perfeito estado.

Força Vital

DOENCA AGUDA + homeopatia

“É importante explicar que o remédio homeopático age rapidamente e pode ser usado para o tratamento de todas as doenças agudas”, reitera Araújo. Mesmo em casos onde a força vital do paciente já foi comprometida, quando ele se encontra em estado terminal, a homeopatia pode ser introduzida para amenizar sintomas e dores. “A eficiência do medicamento homeopático depende da condição do paciente. Portadores de HIV tratados com retrovirais, por exemplo, não têm condições próprias de reagir a doenças agudas, então a homeopatia ajuda a aliviar o mal-estar”, diz.

Por outro lado, a homeopatia ajuda a fortalecer o sistema imunológico de pacientes de todas as idades, protegendo-os das infecções, dos vírus e das bactérias. Logo, o acompanhamento de um homeopata contribui na prevenção de doenças agudas. “A homeopatia pode ajudar, inclusive, a atenuar uma epidemia”, lembra o doutor Araújo, ressaltando, no entanto, que não tem a ação de uma vacina.

DOR AGUDA Ele explica que ao melhorar o sistema imunológico de um grupo de pessoas, elas ficam menos suscetíveis a males como pólio, sarampo e outros. “Vale lembrar que os homeopatas não são contrários à vacinação, apenas àquelas vacinas que sobrecarregam o organismo”, finaliza.

Quer saber mais sobre o tema? Assista ao vídeo do Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho onde ele explica a relação entre a homeopatia e as doenças agudas e a eficiência do tratamento homeopático nesses casos:

Quer ser informado sobre todas as atualizações do Blog Similia Homeopatia e Saúde? Então, assine a nossa newsletter! É só informar o seu endereço de e-mail e, automaticamente, será incluído (a) no nosso cadastro.

 

2014-11-16T22:54:41-02:00 16/11/2014|HOMEOPATIA, SAÚDE|2 Comentários

2 Comentários

  1. Cibele 11/17/2014 em 19:42 - Responder

    Texto de grande importância, pois ainda hoje existe um pré conceito sobre o assunto…Esclareci e puder conhecer benefícios da homeopatia que não tinha até então.

  2. […] homeopática pode ser utilizada tanto em pacientes graves quanto em pacientes portadores de doenças agudas e crônicas, como já foi dito no texto “Sem demora”, aqui neste Blog. Em tratamento de pacientes críticos, que necessitam de internação em UTI (unidade de tratamento […]

Deixar Um Comentário