Ser Mulher – Pólipos Uterinos

Algumas alterações no organismo da mulher são silenciosas. É o caso da formação dos pólipos uterinos. Por isso consultas e exames de rotina são importantes para saúde da mulher. Saiba mais sobre esse assunto no texto da série SER MULHER do Blog Homeopatia e Saúde.

Pólipo uterino, também conhecido como pólipo endometrial, é um crescimento anormal (neoplasia) de células endometriais que se unem à mucosa do útero (ou camada glandular).

Ainda não se sabe ao certo o motivo exato da formação desse tecido, mas foi reconhecido que mulheres fazem reposição hormonal na menopausa possuem uma maior tendência em desenvolver pólipos uterinos, porém mulheres mais novas, que ainda estão longe da menopausa também podem desenvolver essa anomalia.

homeopatia e saúdeA alteração hormonal é a principal causa do desenvolvimento de pólipo uterino, e por isso normalmente, as mulheres com distúrbios hormonais como as que apresentam menstruação irregular, sangramento fora do período menstrual ou menstruação prolongada possuem maior risco de desenvolver estes pólipos endometriais.

As mulheres com pressão arterial elevada, obesas, aquelas em uso prolongado de estrogênios, as com síndrome dos ovários policísticos e as inférteis, estão sob maior risco de terem pólipos uterinos. Medicamentos como quimioterapia também favorecem o aparecimento dessa anomalia. Vale lembrar que na maioria dos casos a formação desse tecido é silenciosa, porém quando há sintomas, eles são:

– Sangramento vaginal após menopausa (após 1 ano sem menstruar);
– Menstruação abundante, sendo necessário usar mais de 1 pacote de absorvente a cada ciclo;
– Sangramento vaginal após o contato íntimo;
– Intensas cólicas menstruais;
– Por vezes, pode haver corrimento com mau cheiro.

 

Tratamento:

homeopatia e saúdePara a maioria dos casos não há nenhum tratamento especifico, porém, o ginecologista pode detectar que será necessário a retirada.

O pólipo uterino não é câncer, mas em alguns casos, algumas hiperplasias do endométrio e mesmo alguns carcinomas do endométrio aparecem como pólipos uterinos, ou pode se transformar numa lesão maligna, por isso é sempre importante uma nova avaliação de 6 em 6 meses, para verificar se o pólipo aumentou ou diminuiu de tamanho; se surgiram outros ou se ele desapareceu. As mulheres com maior risco de desenvolver câncer endometrial são aquelas que além da alteração hormonal, estão obesas, apresentam pressão alta ou têm histórico de pólipos uterinos na família.

Consulte sempre o seu médico. Cuide de sua saúde.

2016-01-04T14:28:57-02:00 04/01/2016|HOMEOPATIA, MULHER, SAÚDE|0 Comentários

Deixar Um Comentário